23

Livros que somos obrigados a ler no ensino médio.


Hoje resolvi falar sobre um tema polêmico,algumas pessoas discordam da minha opinião, mas ela é a mesma da maioria.


 Você já foi obrigado a ler algum livro no ensino médio?


    No ensino fundamental, a professora de português mandava ir à biblioteca pegar um livro qualquer e fazer uma ficha de leitura. Eu adorava a ideia, sempre escolhia os do Pedro Bandeira.

    Não sei se vocês já tiveram professoras assim...

Quando chegamos ao ensino médio, tudo muda. Somos obrigados a ler aqueles livros chatos, com uma linguagem difícil e uma narrativa que não é nada envolvente.
    Muitos alunos não são adeptos a leitura, por isso quando são obrigados a ler alguma obra na escola, se recusam, pois já sabem que vai ser um daqueles clássicos literários com linguagem complicada. 
   Alguns professores acreditam que lendo essas obras, os alunos irão pegar o hábito da leitura, mas não é bem assim, para quem não tem costume, deve começar a ler livros mais fáceis e depois ler os mais complicados, eu considero a leitura como uma escada, subimos cada degrau a cada livro que terminamos de ler.

"considero a leitura como uma escada, subimos cada degrau a cada livro que terminamos de ler."


Eu tive que ler Odisseia e fazer uma resenha do livro, gostei bastante da história mesmo pegando um livro com a linguagem complicada.
    

 Aproveitei o momento e perguntei a alguns dos meus amigos bloqueios:

Você acha que os livros com linguagem complicada que somos obrigados a ler na escola, ajudam no hábito de leitura?


Caíque do blog Entre páginas de livros


É muito importante que a escola incentive os alunos a ler desde cedo ensinando também a literatura. Às vezes é preciso ler os clássicos para podermos compreender o nosso história, a evolução e as fases da literatura brasileira e mundial. Contudo, sabemos a linguagem de muitos livros clássicos é complicada e de difícil compreensão para os alunos mais novos o que pode atrapalhar no incentivo à leitura. Acharia válido se a escola escolhesse os livros de acordo com a série do aluno, de modo que ele entendesse literatura e criasse o hábito de ler livros periodicamente.

Bruno do blog Minha Estante

Dificilmente é com os clássicos obrigatórios da escola que as pessoas começam a gostar de ler. Por conta da narrativa e enredo mais complexos, eles não são os melhores para encantar alguém que poucas vezes pegou um livro na mão. Mas creio que essa leitura obrigatória seja mais para entender os diferentes tipos de literatura. Então se torna mais válida por isso mesmo.

Amanda do blog Primeiro Livro

Se o aluno já não portar de uma boa base literária, esses livros só atrapalham. É claro que essas leituras obrigatórias de escola são importantes, mas se a pessoa geralmente não lê e, logo de primeira, recebe leituras tão "pesadas", provavelmente irá generalizar e dizer que odeia ler.
A leitura precisa ser um hábito, não uma obrigação. É necessário fornecer livros que realmente despertem a atenção, e só depois os jovens serem apresentados aos clássicos. O estímulo da leitura deve ser iniciado desde cedo, e não no ensino médio, sem base alguma.

Zilda do blog Cachola Literária

Infelizmente, a imposição da leitura através dos clássicos não é correta, aliás seja qual for o tipo de livro quando forçado não atrai a atenção do leitor iniciante. O ensino brasileiro ainda é retrógrado em sua maioria e, um dos fatores mais desfavoráveis é a inclusão dos livros clássicos na vida do estudante. Como um leitor vai se sentir atraído pela leitura se ele for "obrigado" a ler Machado de Assis, José de Alencar, entre outros, se na maioria das vezes esse aluno não compreende nada do que está lendo. A linguagem é muito rebuscada e não facilita a aproximação do leitor. Mas, não sou contra a leitura do mesmo. Acho que todos deveriam conhecer tal leitura, mas a iniciação do leitor não deve ser através dos livros clássicos. Isso é fato. Vamos combinar que os próprios professores colaboram para esse retrocesso. O que sei é que existe muitos livros contemporâneos que podem despertar o interesse do aluno. Mas, atenção; a leitura dos clássicos não pode ser desconsiderada. Na verdade, eles são necessários sim, para compreendermos a importância da nossa sociedade em uma determinada época. Mas tudo tem seu tempo. Releituras ajudam e são muito bem vindas.


Agora chegou a sua vez: Você já leu algum clássico, o que achou?







23 comentários:

  1. Já li um livro Clássico sim .. No começo você acha muito chato por causa das palavras complexas mais com o tempo você vai desnrolando !

    Mas é sempre ter um dicionário por perto nessas horas .

    ResponderExcluir
  2. Já li um livro Clássico sim .. No começo você acha muito chato por causa das palavras complexas mais com o tempo você vai desnrolando !

    Mas é sempre ter um dicionário por perto nessas horas .

    ResponderExcluir
  3. muito legal,recomendo a todos (Y) e parabéns pelo desempenho do blog,muito criativo e bem elaborado.

    ResponderExcluir
  4. Eu decididamente não gosto. Li vários livros na escola obrigada e acho que foi por isso que peguei esse trauma. Quando fala que é obrigado, já deduz que o livro é ruim. Quando tinha opção de escolha eu sempre escolhia, Pedro Bandeira como você ou algum da serie vaga-lume, mas se não tinha...

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Existe um livro muito interessante - nacional - "Máquina de Destruir Leitores" Jéferson Assumção. Ele fala exatamente sobre a escola forçando a leitura em jovens que nunca tocaram num livro e fala sobre as consequências dessa imposição: destruição de gerações inteiras de leitores. Você devia ler este livro, é realmente muito bom!

    Você apareceu lá no meu blog, estou devolvendo! Segue? http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Izabela, obrigado pela indicação. Depois vou ver resenhas do livro.
      Bjs!

      Excluir
  6. Eu tive que ler A Escrava Isaura e amei, de verdade. Cai de amores pelo Guimarães, o livro nem era assim tão complicado... Mas confesso que teria sido mais proveitoso começar com algo mais "fácil". Adorei o post e os depoimentos, muito bacana. Abraço!
    http:umsenhorpalhaco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Bom, Érik, tudo o que sou obrigado a fazer não rende, porque odeio fazer as coisas quando sou obrigado. Se vou ler, que seja por paixão, por diversão, por gosto! Porém, foi numa dessas leituras obrigatórias de ensino médio que, minha fascinação por livros se iniciou, e com o clássico Dom Casmurro do querido Machado de Assis!
    Embora eu execre essa pressão dos professores de literatura do Ensino Médio em fazer os alunos lerem o que não querem, eu não acabaria com isso se pudesse, acho que é muito importante, pelo menos frisar a literatura pela história dos gêneros e épocas na mente das pessoas e isso só se aprende na escola!

    Gabryelfellipeealgo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei seu post,pois a a realidade de muitos jovens,que as vezes tomam aversão a leitura pelos livros impostos na escola,eu fui obrigada a ler muitos livros ,mas não lembro de quais,o importante é que isso não me afastou dos livros.

    adorei o blog!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A Escola com certeza foi a responsável pela minha falta de interesse em clássicos, na minha época a linguagem do livro era "estranha" e eu demorava muito pra entender (isso se eu entendesse alguma coisa kk) e então geralmente eu não entendia a história, e vinha a professora e inventava seminários sobre livros que eu não entendia a história.. Então depois que passei da época de " leitura obrigada" eu meio que larguei os clássicos haha

    Beijocas, http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Erick, curti muito esse post. Esse tema é um pouco polêmico e divide várias opiniões e eu achei bem legal conhecer a sua e a dos outros blogueiros, até mesmo dos comentários acima. Continue fazendo posts assim, é bem legal.

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir
  11. Adoro ler, mas por diversão... quando se torna uma coisa obrigatória vira chato !
    http://pimentaeoutrasdrogas.blogspot.com.br/
    Beijos - seguindo

    ResponderExcluir
  12. Adorei o post, Erick!
    Realmente, a inserção de clássicos para leitores iniciantes é um problema, eu não comecei com eles, felizmente. No ensino medio eu li alguns, e nao gostei de todos. Gostei mais de Capitães da Areia, é um livro que eu sempre recomendo para todo mundo. Adorei a opinião da Zilda, ela é demais sz
    Parabéns pelo post!
    Abraços
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olaa, amei seu blog
    da uma passadinha no meu
    Tenha um otimo final de semana
    umagarotacitouu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Erick!
    Lembro muito bem de estar no ensino médio e bem na época dos vestibulares os professores nos obrigarem a ler clássicos pesadíssimos que eu não estava nada acostumada. É claro, os odiei. Deve ser por isso que cada vez que pego um nas mãos o desânimo toma conta do meu ser hahaha

    Adorei o seu post!
    Um beijo,
    http://pilhadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante teu post. Penso que no início é mesmo chato ler livros com linguagem rebuscada, no entanto, eles acrescentam muito no nosso próprio vocabulário, nos ampliando e muito o conhecimento. Então vale a pena o esforço.

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  16. Oi..
    Estou aqui pela primeira vez, achei seu blog por acaso. Temos algo em comum..Livros.
    Mas vou dizer uma coisa, eu aprendi a amar leitura graças A um professora que pedia para lêssemos literatura. Muitas vezes ela escolhia os livros, em outras deixava agente escolher, mas tinha que ser estas literaturas antigas: A moreninha (que amei), Amor de perdição...
    Sabe estas linguagens difíceis . O que era sacrifício para muitos se tornou muito bom para mim.
    É claro que li outros, tipo da série vagalume que também despertaram meu amor pela leitura.
    Mas é assim mesmo...

    Estou seguindo e te convido a visitar meu blog, se gostar segue também.
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Nossa Érick, e como li livros obrigatórios no ensino médio,...mas quando os professores falavam em livros eu ficava toda empolgada, nem me importava se eram clássicos, ou se a leitura seria chata rsrsrsr.
    Na minha cidade não tinha livraria, então eu sabia que teria que ir a outra cidade pra comprá-los, e obvio minha alegria era, que eu compraria um a mais, do meu agrado....voltava realizada.
    E nas avaliações sobre os livros, eu era a que sempre me saia bem.
    Excelente post.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bom? Espero que sim.

    Primeiro devo dizer que adorei seu blog, sério. Muito legal mesmo. É sempre bom conhecer blogueiros e ler coisas tão legais. Continue assim, ok? Estou seguindo e sempre que der passarei por aqui. Gostei mesmo!
    Sobre o post, só tenho uma coisa pra falar: adorei.

    Ah, também tenho um blog literário. Passa por lá depois. Quem sabe você não gosta do meu espaço? Ficaria agradecido, é claro!

    Deixo o link: http://www.diariodebordodeumleitor.com/

    Um abração,
    Igor Gouveia.

    ResponderExcluir
  19. Eu acho que prender a atenção de adolescentes com livros clássicos é uma tarefa muito árdua, o que na realidade acontece é que leitura obrigatória sendo ela de clássicos/infanto-juvenis/distopias/romances... independente de gênero, é sempre uma coisa ruim... lidar com imposições é que não aceitamos bem, a leitura tem que nos dar prazer... e ler por obrigação vamos concordar, não dá prazer nenhum!
    Eu já li clássicos, e sou apaixonada por alguns!!!

    Beijos
    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Concordo com a Amanda. Até porque não temos no BR um grande números de leitores, então não acho errado incentivar usando por exemplo um Harry Potter. Aí vai da educação querer estimular para realmente termos leitores ou deixar que a história seja mais influente, obrigando os professores a pedirem livros difíceis, mas claro que eles serão importantes, mais pra frente talvez, como disse o Caíque!
    Muito legal o tema abordado.

    ResponderExcluir
  21. Oie! Eu sou do tempo que só se era considerado "leitor inteligente" aquele que lesse só clássico, fato é que tenho grandes coleções de obras primas. Adoro ler! Há clássicos maravilhosos, como Madame de Bovary, Crime e Castigo, Do outro lado do parafuso.... enfim, mas tem alguns que são chatos demais rsrsrs legal mesmo é se ter prazer na leitura né?
    Bjs e seguindo o blog!
    http://mundoliterando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Li alguns clássicos e gostei muito mas também teve um que eu li não sei se é clássico "A hora da estrela", a história até que é legal mas é muito parado e me deu muito sono não consegui terminar de le-lo; Hoje tó com mais dificuldades para ler livros de vestibular pois comparado com outros livros eles são os mais complicado quando se trata de palavra complicadas; Pois tem muitas palavras que nunca ouvi falar tem certos livros que temos que le-lo com o dicionario do lado e isso é o que cansa muitas pessoas que não são acostumadas com esse tipo de leitura. Adoro ler mas assim como muita gente sinto dificuldades na hora de ler um livro que tenha a linguagem "complicada".
    Parabéns amo seu blog ;) Continue assim
    Beijinhos...
    http://bruninhabrunagaty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Ao comentar deixe o link do seu site/blog para que eu possa retribuir o seu comentário.

Obrigado pela visita!
Like Livros.